jusbrasil.com.br
12 de Dezembro de 2017
    Adicione tópicos

    Defensoria participa do lançamento do programa “Cuidando da Vida e Serviço de Convivência”

    O defensor público-geral do Distrito Federal, Ricardo Batista, participou do lançamento do programa “Cuidando da Vida e Serviço de Convivência” do governo de Brasília, realizado na tarde desta terça-feira (08), no Salão Branco do Palácio do Buriti. A iniciativa do governador Rodrigo Rollemberg prevê moradia, por meio de aluguel social, para famílias em situação de rua, aliado ao desenvolvimento de ações articuladas com as políticas de saúde, trabalho, educação e cultura, além de ter a parceria da comunidade.

    “Vivemos um momento histórico da relação do governo com as pessoas em situação de rua. Nós temos procurado a construção de uma Brasília cidadã, de diálogo sincero com os movimentos sociais. Pessoa em situação de rua precisam ter os direitos respeitados e concedidos”, disse Rollemberg.

    Todos os meses a Defensoria Pública do DF realiza mutirões de atendimento jurídico e psicossocial para pessoas em situação de rua, em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF (Sedestmidh). Para o defensor público-geral, Ricardo Batista, o novo projeto do GDF para este público é extremamente valioso.

    “Nós temos anos de luta na política de inclusão à população em situação de rua em Brasília. A gente espera que isso seja apenas o começo de um processo contínuo de inclusão, não só através da moradia, mas também de outros serviços públicos, em especial, na inclusão da cidadania e assistência jurídica a quem precisa no Distrito Federal”, parabenizou Batista.

    O programa é uma parceria entre o Governo do DF, a revista Traços e a Associação Cultural Namastê. A primeira família já saiu das ruas e a previsão é que mais 29 sejam contempladas. “Quando eu resolvi sair da rua procurei os meus direitos. Não foi fácil, mas é preciso lutar para que todos possam ser beneficiados pelas políticas públicas. Hoje, abro mão e entrego os meus auxílios – Bolsa Família, auxilio aluguel e cesta básica”, agradeceu o ex-morador de rua Rogério Barba.

    De acordo com a psicóloga e subsecretária de atividade psicossocial da Defensoria Pública do DF, Roberta de Ávila, a instituição é parceira do “Cuidando da Vida Serviço de Convivência”. ”A coordenadora deste projeto nos convidou para fazer uma atuação na quinta-feira (10), no Setor Comercial Sul, para atender essas pessoas. A Defensoria vai corroborar com isso” disse.

    Também estiveram presentes na solenidade, o subdefensor público-geral, Sérgio Murillo; o secretário Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça, Humberto Viana; o secretário de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gutemberg Gomes; a secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Marlene Azevedo; a presidente da Associação Cultural NAMASTÊ, Luciana Vitor e; secretária adjunta das Mulheres; Márcia de Alencar.

    Priscila Leite

    da Assessoria de Comunicação

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)